Plantas próprias para o consumo


Há muitas plantas que podem ser consumidas e não sabemos, são as chamadas PANC: Plantas Alimentícias Não Convencionais, as quais são como verduras, hortaliças e frutas.

As PANC’s recebem este nome porque são pouco conhecidas e difundidas, porém, desde o ano de 2017, estas plantas estão sendo pesquisadas por cozinheiros famosos, como, por exemplo, Paola Carosella. Então, veja a seguir as PANC’s mais comuns que podem ser consumidas com segurança: a Azedinha, Capuchina, Ora-pro-nóbis, Peixinho e Taioba.

Quem for consumir as PANC’s deve ficar atento, pois algumas delas só podem ser consumidas depois de processadas, como, por exemplo, a Taioba, que pode substituir a couve, e a Peixinho, que deve ser sempre cozida ou frita. Já a Azedinha pode ser consumida in natura, como as folhas verdes. A Capuchina, além de consumida, pode ser utilizada para a decoração dos alimentos, já que é uma espécie ornamental. Enquanto a Ora-pro-Nóbis é uma ótima aliada para quem faz dieta vegetariana, pois tem uma grande quantidade de proteína vegetal.

Quer economizar em sua próxima conta de água? Nós temos a solução. Conheça nossos serviços de Consultoria em Contas de Água. Saiba mais.


EVITE FRAUDES:
O usuário que suspeitar do boleto deve prestar atenção nos três primeiros números do documento e no campo "Nosso Número" (segunda sequência de 12 números do boleto bancário). Por exemplo: uma cobrança do banco Itaú que comece com o número 237 (do banco Bradesco) é falsa, pois o número do banco é 341. Os códigos dos bancos podem ser encontrados no site da Febraban (Federação Brasileira de Bancos): http://www.febraban.org.br/arquivo/bancos/sitebancos2-0.asp