Programa Água Doce ajuda a enfrentar a pandemia do novo coronavírus


O Programa Água Doce desenvolve uma política de acesso à água potável, diminuindo a escassez do recurso em 252 comunidades do estado do Ceará.

Os cuidados de higiene são primordiais no combate ao Covid-19, de acordo com as recomendações da OMS (Organização Mundial de Saúde), mas, quem sofre com a escassez de água potável acaba ficando suscetível ao vírus e, por isso, o acesso à água se tornou um assunto bastante discutido neste momento.

No Ceará, há um programa do governo do Estado chamado Água Doce, executado através da Secretaria de Recursos Humanos. Com este programa, que existe desde 2013, 252 comunidades do interior do Ceará são ajudadas. Nestes anos, foram implantados 252 sistemas de dessalinização em 44 cidades do estado, tornando o acesso à água potável possível para centenas de famílias.

O Programa Água Doce tem o objetivo de estabelecer o acesso à água de boa qualidade para o consumo humano, atendendo às populações de baixa renda que moram em locais rurais do semiárido, além de ser uma medida de adaptação às mudanças e em um momento de crise de saúde, como o que estamos vivendo atualmente, com a pandemia do Covid-19.

Quer economizar em sua próxima conta de água? Nós temos a solução. Conheça nossos serviços de Consultoria em Contas de Água. Saiba mais.


EVITE FRAUDES:
O usuário que suspeitar do boleto deve prestar atenção nos três primeiros números do documento e no campo "Nosso Número" (segunda sequência de 12 números do boleto bancário). Por exemplo: uma cobrança do banco Itaú que comece com o número 237 (do banco Bradesco) é falsa, pois o número do banco é 341. Os códigos dos bancos podem ser encontrados no site da Febraban (Federação Brasileira de Bancos): http://www.febraban.org.br/arquivo/bancos/sitebancos2-0.asp